Patrícia Mattos

    Telefones para contato:

  • (19) 3579.5933
  • (19) 3235.2071

    Redes Sociais:

Como tratar a celulite

A celulite é uma lipodistrofia ginóide, uma paniculopatia, que tem múltiplos fatores interligados que atuam por diferentes mecanismos. A genética, hormônios, alimentação e vida sedentária são fatores determinantes para o aparecimento de ondulações na pele e aquele aspecto de casca de laranja bem típico da celulite. A celulite é classificada em 4 graus: - grau I é aquele mais discreto que não é visível, mas quando o local é apertado à celulite aparece - grau II já é visível, mas não tem dor – grau III é aquele aspecto de casca de laranja, a região já apresenta edema - grau IV é o pior, já tem nódulos fibrose, o local fica endurecido, tem dor, fica com aspecto de acolchoado. Para tratar a celulite é preciso diminuir a gordura localizada, o edema, a fibrose e a flacidez para isso o ideal é associar várias técnicas como a radiofrequência, intradermoterapia, carboxiterapia, Heccus, drenagem linfática, endermologia ou corrente russa. Essa associação vai depender da avaliação médica e do grau de celulite. Além disso, a alimentação é muito importante. É importante entender que o combate à celulite é diário, nossos hábitos, nosso ritmo de vida e alimentação determinam nosso corpo. Não podemos encarar isso apenas como um tratamento, a beleza é importante, mas a qualidade de vida é essencial!